A Lesão de Rafael Nadal

 

Rafael Nadal, nove vezes campeão do Aberto da França, retirou-se do torneio na sexta-feira por causa de uma lesão no punho esquerdo.

 

O anúncio abrupto abalou Roland Garros, onde Nadal ganhou mais títulos de simples do que qualquer outro jogador. Na quinta-feira, ele avançou para a terceira rodada com um 6-3, 6-0, 6-3 vitória sobre Facundo Bagnis da Argentina.

 

Canhoto, Nadal disse que jogou no sacrifício, depois de receber uma injeção de analgésico em seu punho esquerdo. A carreira de Nadal tem sido muitas vezes interrompida por lesões no joelho e no quadril, mas nunca antes por uma lesão no punho. Segundo ele, o problema começou em 6 de maio, na vitória contra João Sousa durante o Masters 1000 de torneio em Madrid. Nadal depois perdeu nas semifinais para Andy Murray e disse que usou mesoterapia antes da partida para amortecer a dor.

 

"Deu certo porque consegui jogar", disse ele. "Isso foi sábado. No domingo, eu estava em Barcelona. Eu viajei todo o caminho para Barcelona para fazer todos os testes, para verificar se era capaz de jogar em Roma ou não. Então eu fui para Barcelona durante domingo de manhã. Passei o dia todo lá fazendo ressonância magnética e ultrassonografia e todos os testes e não havia nada de errado.”

 

"Estava jogando apenas com anti-inflamatórios, nas 3 partidas, foi quando cheguei Maiorca que comecei a sentir um pouco mais. E cada dia tem piorado. Não tenho conseguido jogar com o meu forehand.

 

"Depois de uma temporada ressurgente no saibro Nadal disse que decidiu jogar no Aberto da França, porque acreditava que poderia controlar o problema. Ele afirmou ter recebido tratamento extensivo em Paris antes e depois de suas duas primeiras partidas além de uma injeção de analgésico no pulso antes de enfrentar Bagnis e ganhar o 200º Grand Slam de sua carreira.

 

"Eu poderia jogar, mas a coisa é, ontem à noite, eu comecei a sentir mais e mais dor", disse ele. "E hoje de manhã, eu sinto que eu não podia movimentar o punho.

 

"O tenista passou por uma ressonância magnética no punho e outros exames médicos. Ele disse que seu médico de longa data, Dr. Angel Ruiz Cotorro, o havia aconselhado a não continuar no torneio e seguir o tratamento local. Nadal se esforçou para explicar a natureza exata da lesão em inglês na sexta-feira, mas disse acreditar que o problema era "na bainha do tendão".Ainda não está claro quando Nadal voltará. Ele disse que não acreditava que seja um caso cirúrgico e não descartou competir em Wimbledon, o próximo torneio Grand Slam, que começa em 27 de junho. Mas com base em seus comentários sexta-feira, não parece nada provável.

 

 

 

Please reload

Artigos recentes
Please reload

Dr. Leandro Viecili